Ida a Wolfsburg 7/10 | Autostadt – Museu ZeitHaus – Motor Icons

<– Post anterior: Ida a Wolfsburg 6/10 | Autostadt – Museu ZeitHaus – Design Icons

Como vimos no post anterior, o museu ZeitHaus mostra veículos que marcaram a história do automóvel. Na primeira parte vimos os automóveis referências em design, que ficam na parte escura do pavilhão.

Motor Icons

Em outra área com paredes de vidro, portanto bem iluminadas, os visitantes mais entusiasmados pela mecânica e tecnologia vão se empolgar. A variedade dos motores expostos – lado a lado com os carros, motos e até tratores que equipam – vai de versões com apenas um a até 18 cilindros, além de rotativos. Há motores a diesel, a gasolina (de dois ou quatro tempos), em linha, em “V”, boxers e radiais. Configurações mais exóticas, em H, U, W, Y e X também estão expostas ou mostradas em painéis.

Vamos lá pra dentro.

Alguns modelos mais antigos (nas próximas galerias, clique nas fotos pra mais informações).

Seguindo uma sequencia cronológica… O Trabant é de 1990, mas seu projeto é da década de 50.

Quem diria? Um trator da Porsche!

Motocicletas.

Carros não muito conhecidos das décadas de 70/80.

Entre uma ala e outra, peças e formas ficam penduradas.

Os carros são espetaculares neste espaço voltado a parte mecânica da indústria automobilística mundial.

Porsche 911 – ícone de design e motor.

Lembra da Type 4, que também estava no AutoMuseum? Este modelo 411 LE é o primeiro VW a sair com injeção eletrônica de série (opcional no Type 3 desde 1968). No Brasil o pioneiro eletronicamente injetado foi o Gol GTi, quase 20 (!) anos depois.

Este Audi 80 também tem linhas que me agradam.

O Scirocco, que como falei, é um dos carros que gostaria de ter.

Confesso que depois de ver alguns De Lorean (já devo ter visto mais de 10), perde-se um pouco da graça.

E o carro mais sem graça de toda a viagem: Polo 2007.

Audi Quattro. O “papa-rallye” é simplesmente fantástico!

Dentre os super-carros, o Bugatti Veyron
Este é ainda o conceito, mas bem próximo aos  comercializados. Reconhecido como mais rápido carro de produção street-legal do mundo, chegando a mais de 430km/h. Jeremy Clarkson, do Top Gear, o definiu:

the greatest car ever made and the greatest car we will ever see in our lifetime”

Bugatti EB118, um conceito 4×4, com motor W18 de 555hp.

Em seguida, vamos ao primeiro andar do museu, onde dois carros muito especiais nos esperam.

Continua: Ida a Wolfsburg 8/10 | Autostadt – Museu ZeitHaus – VW Icons – Karmann Ghia –>