Breve homenagem aos 41 anos do Passat no Brasil

Em 7 de junho de 1974 entrava em produção o 1º Passat produzido oficialmente no Brasil, sob a plataforma B1.

A princípio, o carro foi oferecido apenas com carroceria 2 portas e duas versões – L e LS – ambas equipadas com o mesmo motor 1.5 de 65cv de potência.

Com desenho do renomado Giorgetto Giugiaro, o Passat foi considerado na época como o mais moderno carro nacional. Foi revolucionário tanto para o público quanto para a própria linha de produção, afinal, agora existia um Volkswagen refrigerado a água.

A tração era dianteira. Pela primeira vez no Brasil, eram usadas juntas homocinéticas, estabelecendo um novo padrão no comportamento da direção entre os carros nacionais. O carro andava bem, tinha ótima estabilidade e dirigibilidade pra sua época.

Tanta novidade fez com seu lançamento fosse marcado por críticas, chegando a ser chamado pelos mais puristas de anti-Volkswagen. Somente mais tarde veio o sucesso. Até hoje muitos proprietários e ex-proprietários dos mais de 675 mil exemplares produzidos por aqui o consideram o melhor carro médio de seu tempo.

Para homenagear o aniversário de produção deste mito da industria… O Retrovisor fotografou esses dois originalíssimos exemplares no 15º Encontro de Carros Antigos do Clube Naval, em Brasília. O Azul LS é de 1975 e o amarelo L, de 1977.

O último Passat nacional, modelo Pointer, foi fabricado em 2 de dezembro de 1988. O carro continuou evoluindo na Alemanha, e até hoje é produzido por lá.